Coluna do Genoa - @GenoaBr

09/08/2011 00:07

GENOA CRICKET AND FOOTBALL CLUB

HISTÓRIA

O Genoa foi fundado no ano de 1893 para a prática do Cricket, o futebol só ingressou no clube em 1897. O sucesso do futebol veio rápido, com apenas 21 anos o clube já havia conquistado nove Campeonatos Italianos (depois da temporada 1923/24 ele não conseguiu conquistar a Série A novamente), o Genoa também já conquistou uma Copa da Itália e seis Campeonatos Italianos série B. Além desses títulos o Genoa conquistou três Taças dos Alpes e uma Copa Anglo-Italiana (último título do Clube, em 1996).

ÍDOLOS

Os ídolos do Genoa veem do século passado, mas precisamente da década de 20, entre os ídolos estão William Garbutt (Inglês), Marassi (Italiano), Hug (Suíço), Herzog (Suíço) e também Luigi Ferraris (que morreu na primeira guerra mundial defendendo a Itália, a diretoria do Genoa homenageou-o dando seu nome ao estádio do clube). O ídolo mais recente da história do clube é Tomas Skuhravy (Tcheco), jogou na década de 90 no time italiano e é o maior artilheiro do Genoa com 58 gols.

TEMPORADA 2010/2011

A última temporada não foi nada boa para o Genoa, a maioria dos jogadores “importantes” chegaram apenas na janela de transferências de janeiro, como por exemplo: Floro Flores, Kucka, Boselli, entre outros. O 10º lugar no último campeonato italiano rendeu o emprego do técnico Davide Ballardini, a única “alegria” que a torcida do Genoa teve foi o rebaixamento de sua maior rival, a Sampdoria.

TEMPORADA 2011/2012

As expectativas para está temporada são muito boas, pois trocamos nosso técnico, Alberto Malesani, ex-Bologna, ele assumiu a vaga deixada por Davide Ballardini. Para a defesa chegaram dois bons nomes; Frey, excelente goleiro e Granqvist bom zagueiro sueco. Para o meio-campo chegaram alguns bons nomes; Constant, Seymour e Valter Birsa. O ataque foi o setor que tivemos mais reforços, entre eles estão; Pratto, Ribas e Zé Eduardo.

O Genoa fez sua pré-temporada na Áustria e fez um amistoso, contra o Padova, o jogo terminou 1-0 para o Padova, gol de Lazarevic, ex-jogador do Genoa.

Abaixo está à lista de compras, vendas e empréstimos (em vermelho as contratações definitivas e em azul os empréstimos).

Contratados (entre parênteses o clube de origem): Andreas Granqvist (Groningen), Alexander Merkel (Milan), Mattia Bottani (Lugano), Kevin Constant (Chievo), Cristóbal Jorquera (Colo Colo), Danilo Russo (Vicenza), Felipe Seymour (Universidade de Chile), Lucas Pratto (Boca Juniors), Meggiorini (Bologna), Nicola Pasini (Milan), Sebastian Frey (Fiorentina), Sebastian Ribas (Dijon), Valter Birsa (Auxerre) e Zé Eduardo (Santos).

Vendidos ou emprestados (entre parênteses o clube de destino): Acerbi (Chievo), Alberto Paloschi (Milan), Amelia (Milan), Boateng (Milan), Biabiany (Parma), Boakye (Soassuolo), Bolzoni (Siena), Cofie (Soassuolo), Chico (Mallorca), Criscito (Zenit), Eduardo (Benfica), Eramo (Crotone), Konko (Lazio), Forestieri (Udinese), Greco (Modena), Jelenic (Pandova), Lazarevic (Pandova), Matteo Paro (Vicenza), Mattia Destro (Siena), Milanetto (Lugano), Panagiotis Tachsidis (Verona), Sokratis Papastathopoulos (Werder Bremen), Rafinha (Bayern de Munique), Ragusa (Reggina), Rennella (Cesena), Ricardo Meggiorini (Novarra), Robert Acquafresca (Bologna), Federico Rodríguez (Bologna), Shaarawy (Milan), Terigi (Crotone), Tomovic (Lecce), Zigoni (Milan).